Ofereci-te tanta coisa. A mais preciosa , aquela que há muitos anos não dava a ninguém - a mais preciosa, repito, foi a minha absoluta disponibilidade para estar contigo, ouvir-te, ou estar em silêncio perto de ti.
Al Berto

Henri Matisse. Study of Legs (Étude de jambes). 1925 
Há pessoas muito positivas. Há pessoas assim que tem fé no "carpe diem" e que confiam no destino.

E então questionou-me: "Se uma árvore cair no meio da floresta, e não estiver ninguém por perto, será que faz barulho?"
💚
O elenco do filme Bohemian Rhapsody (2018) sobre os Queen está escolhido, e quem fará de Freddie Mercury ??????  OMG

Rami Malek, e é ele na foto, quem diria... 

Rick and Morty (2013) é uma série de animação americana de comédia e ficção científica criada por Justin Roiland e Dan Harmon. Não são só desenhos animados, é uma série com muitas criticas num universo louco onde tudo é questionado. 

"O universo conspira a favor de quem não conspira contra ninguém."

Depois de umas horas de sol e mar , um top cinco de músicas portuguesas

1. Márcia - Insatisfação 
2. Rua Direita - Mariana
3. Slow J - Vida Boa 
4. Carolina Deslandes - A Vida Toda
5. Holly Hood - Fácil
Pay It Forward , 2000

Um filme onde Kevin Spacey é um professor de Estudos Sociais e onde Haley Joel Osmente ainda é um miúdo, mas é uma longa metragem com uma excelente mensagem.


Numa das aulas o professor faz um desafio aos alunos :
criar uma ideia que possa mudar o mundo.

Tão simples quanto isto, uma ideia tão simples que pensando bem poderíamos todos por em prática. (não fosse o mundo uma merda)
O Primeiro Dia Sérgio Godinho

«A princípio é simples, anda-se sozinho,
passa-se nas ruas bem devagarinho
está-se bem no silêncio e no borborinho
bebe-se as certezas num copo de vinho
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!

Pouco a pouco o passo faz-se vagabundo
dá-se a volta ao medo e dá-se a volta ao mundo
diz-se do passado que está moribundo
bebe-se o alento num copo sem fundo
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!

E é então que amigos nos oferecem leito,
entra-se cansado e sai-se refeito
luta-se por tudo o que se leva a peito
bebe-se e come-se se alguém nos diz bom proveito
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!

Depois vêm cansaços e o corpo frequeja
olha-se para dentro e já pouco sobeja
pede-se o descanso por curto que seja,
apagam-se dúvidas num mar de cerveja
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!

E enfim duma escolha faz-se um desafio
enfrenta-se a vida de fio a pavio
navega-se sem mar sem vela ou navio
bebe-se a coragem até dum copo vazio
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!

Entretanto o tempo fez cinza da brasa
outra maré cheia virá da maré vaza
nasce um novo dia e no braço outra asa,
brinda-se aos amores com o vinho da casa
e vem-nos à memória uma frase batida:
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida!»
Several Circles - Wassily Kandinsky 


Não importava que a história já tivesse começado, porque há muito que o kathakali descobriu que o segredo das Grandes Histórias é elas não terem segredo nenhum. As Grandes Histórias são aquelas que já ouvimos e queremos voltar a ouvir. Aquelas onde podemos entrar e morar confortavelmente. Que não nos enganam com calafrios e finais acrobáticos. Que não nos surpreendem com o imprevisto. Que são tão familiares como a casa onde moramos. Ou o cheiro da pele de um amante. Sabemos como acabam, porém ouvimo-las como se não soubéssemos. Tal como, embora sabendo que um dia haveremos de morrer, vivemos como se não o soubéssemos. Nas Grandes Histórias sabemos quem vive, quem morre, quem encontra o amor e quem não encontra. E, contudo, queremos saber de novo. 
 Arundhati Roy (1997)
Knight of Cups 2015
 Director: Terrence Malick

Christian Bale no papel de Rick, uma celebridade a viver uma espécie de limbo provavelmente por se ter perdido no mundo da fama e da luxuria. 


Narrações em off, personagens superficiais, pouca sequência lógica, andam de um lado para o outro, são tristes e melancólicas o tempo todo e dizem  palavras que parecem bonitas mas são falsas. A proposta de Malick é confusa, ainda que bem intencionada.

A única coisa boa é a fotografia, uma parceria do cineasta com o premiado Emmanuel Lubezki. Para mim, a obra é superficial mas todas as sequências são visualmente poderosas.

Oldboy 2003
Director: Chan-wook Park

Oldboy é considerado a obra-prima do diretor sul-coreano Chan-wook Park. Este filme tem um grande requinte visual, uma narrativa viciante e sombria, e cenas muito fortes. Oldboy é um filme ainda mais profundo no tema da vingança, além de, na minha opinião, ser um dos thrillers mais inteligentes já feitos.



Após ficar preso num suposto quarto de hotel durante 15 anos sem entender uma razão aparente, Oh Dae-su é libertado e decide ir atrás de vingança e respostas para o acontecido. 

--